Nova quest disponível: Detenha os ladrões!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Nova quest disponível: Detenha os ladrões!

Mensagem por Quest Giver em Seg 06 Out 2014, 03:47

Descrição da missão: Pequenos ladrões estão roubando pessoas da cidade frequentemente, e a polícia não consegue dar conta do caso, donos de lojas já estão cansados de ter suas mercadorias e clientes roubados diariamente, e solicitaram a ajuda de qualquer um que consiga resolver o caso!

Alvos: Mais de um grupo é suspeito dos roubos, aproximadamente três deles com no mínimo quatro membros foram vistos furtando por toda a cidade.

Recompensas: +200 de experiência e 150 de ouro.

Disponibilidade da missão: Nenhum grupo de ladrões foi detido ainda, a missão ainda pode ser pega.
avatar
Quest Giver
Spooky Entity

Mensagens : 2
Data de inscrição : 06/10/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Nova quest disponível: Detenha os ladrões!

Mensagem por Guardião das Regras em Seg 06 Out 2014, 03:50

Para que a quest seja validada como COMPLETADA é preciso que o aventureiro descreva como foi o procedimento para completá-la com o um texto de aproximadamente cinco linhas descrevendo como tudo ocorreu, esta missão só pode ser completada uma única vez por aventureiro, significando que no máximo três pessoas podem fazê-la.
avatar
Guardião das Regras
Path Keeper

Mensagens : 8
Data de inscrição : 03/10/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Nova quest disponível: Detenha os ladrões!

Mensagem por Daliron em Seg 06 Out 2014, 14:29

Acabado de ler o aviso, dirijo-me ao local onde resido para me preparar e iniciar a caçada.

Grupo 1:
Logo após sair de minha residência para achar os bandidos, uma infeliz coincidência me ocorre: Um grupo de 5 membros roubando uma série de barracas na feira, logo ao lado. Não demorei para começar a me movimentar e segui-los, enquanto os mesmos corriam para sair da cidade. Curiosamente, causaram um alvoroço danado durante todo o percurso e não vi nenhuma autoridade se mobilizando para enfrentá-los...
Chegávamos perto da saída da cidade, imaginei de que seu esconderijo seria fora da mesma, mas logo eles entraram num beco e depois, numa casa. Eu, que estava em cima dos telhados para poder segui-los sem perder de vista, desci para observar o que aconteceria ali, rapidamente ativei minha habilidade de camuflagem para que pudesse observar sem muitos problemas. Os bandidos faziam uma reunião, havia mais um esperando por eles lá dentro, chegaram jogando os sacos de alimentos no chão, o local já tinha várias caixas lotadas de comida, umas de maçãs, outras de melancia e várias outras frutas.
Aguardei...
Ao fim do dia, alguns deles se retiraram. Enquanto caminhavam até a saída do beco, envenenei minhas armas para que pudesse garantir dois bons assassinatos. Segui-os até a saída, ainda camuflado. Estavam se cumprimentando em despedida, nesse momento eu já estava ao lado de ambos. Bastou que virassem de costas, me levantei, com a adaga cortei a garganta do que ia a direita e com meu punhal, enfiei-o de uma vez na jugular do que virava a direita, não estava há menos de 2 metros de seu companheiro e, agora, não estavam mortos há menos de 2 metros um do outro. Aproveitando a rua escura e deserta, peguei os corpos e os levei a um canto próximo, atentando para caso alguém saísse do beco. Abandonado os corpos, voltei ao meu posto próximo a porta, ainda camuflado, aguardando as próximas vítimas.
Alguns minutos depois, saíram outros 3 membros. O que ficara lá dentro parecia ser o líder, logo após a saída dos outros 3, pareceu estar ajustando o que faltava. Os 3 seguiram até a saída. Eu sabia que com 3 deles, não haveria algo menor do que uma pequena luta, precisava ser rápido ali. Após saírem do beco, notei que iriam os 3 em mesma direção. Com as armas já envenenadas, pensei em matá-los ali o mais rápido que pudesse, e assim o fiz. Após um rápido movimento, enfiei minha adaga e meu punhal nas costas do membro do meio, rasgando-a, ele logo caíra e dali não levantaria nunca mais, uma vez que os venenos já entraram em seu organismo, fora os dois grandes danos causados ao mesmo. Os outros dois reagiram logo, assustados e nervosos. O que estava a direita tentou me dar um soco enquanto o da esquerda continuou estático, segurei o braço do direito e o joguei em cima de seu companheiro, estava com minhas armas em mãos quando agarrei seu braço, naturalmente o cortei os pulsos para que os venenos entrassem em sua corrente sanguínea e me livrassem um alvo. Não foi o suficiente. Ele permaneceu forte, logo após levantar de cima de seu companheiro, tentou outro ataque que, mais do que rapidamente, interceptei enfiando meu punhal em sua barriga o mais profundo que pudesse, até que ele começou a cuspir sangue. O outro se levantou, mais assustado do que rato perante um elefante, e apenas se jogou em cima de mim, agarrei-o e, antes que cortasse sua garganta, ele deu um grito ensurdecedor. Os 3 estavam caídos, logo após garantir suas mortes, ouvi um barulho atrás. Era o líder deles. Sua face estava atônita e pude reconhecê-lo. Virou de costas como que para correr, mas logo arremessei minha adaga em seu pé. Começou a cair e antes que terminasse, já estava ao seu lado, segurando seu pescoço prestes a degolá-lo.
Perguntei se sabia dos outros dois grupos de ladrões, ele me disse que os outros grupos arruinavam o negócio e que sabia da localização deles. Logo notei que ele poderia ser útil, retirei minha adaga de seu pé e pedi sua ajuda em troca de sua vida, ele aceitou. Levei-o até minha residência onde me contou onde estavam os outros dois grupos.

Grupo 2:
Na manhã do dia seguinte, segui em direção ao rio da floresta, na parte mais próxima da cidade onde meu informante dissera estar outro grupo de ladrões. Não demorei para rastreá-los, era um grupo maior do que o outro, 7 pessoas.
Tinha de ser o mais rápido possível, acabar com todos de uma vez. Não podia esperar para que saíssem um por um como no último caso. Camuflei-me. Envenenei as armas o suficiente para 3 membros cada uma. Aproximei-me do grupo. Me movi até estar atrás do que seria o meu primeiro alvo, degolei-o o mais rápido que pude. Fui avistado e logo lancei minha adaga e meu punhal nos dois membros que estavam mais distantes. A primeira acertou o peito do primeiro alvo enquanto o segundo acertou a barriga do outro, algo próximo do rim. Um dos membros que estava mais perto do primeiro morto correu até mim com um machado na mão, erguendo-o para me acertar. Desviei de seu golpe, puxei a cabeça enquanto acertava-o o joelho na barriga, arranquei o machado de sua mão, outro estava perto tentando me atacar quando usei o machado para me defender, joguei o corpo daquele que antes estava com o machado em cima do companheiro e, quando os dois caíram, decapitei-os quase que simultaneamente. Restavam apenas 2 de pé. Muito rápido para que eles me acompanhassem, alcancei um dos alvos, derrubei-o com um chute, segurei-o, puxei de volta me encaixando atrás de seu pescoço, segurei firme e o quebrei. Estava ao lado dos dois alvos que foram atingidos pelas minhas armas envenenadas, estavam os dois caídos, quase mortos pela velocidade que o veneno se espalhou, agonizavam. Retirei minhas armas, ainda com veneno. O último deles me encarava, não com coragem, mas com medo, estático. Andei até perto dele enquanto ele se afastava, encostou numa parede e então se ajoelhou implorando pela sua vida. Não o poupei, falei que não poderia, mas que rezaria para que seus pecados fossem perdoados. Enfiei o punhal em seu coração. Ele não morreu na hora, parecia que ficaria ali por mais algum tempo. Alguns instantes, pensei. Não havia como sobreviver muito, não com o veneno em seu corpo, tampouco com um coração perfurado.

Grupo 3:
Na noite do mesmo dia, fui atrás do terceiro grupo. Tinham um esconderijo nada convencional: ficava no subterrâneo de uma adega, um ótimo disfarce. Meu informante dissera que não tinha nada mais e nada menos do que 4 membros, e que estavam tentando recrutar.
Fui até a adega como quem queria comprar algo. Logo ao entrar, o atendente veio. Não tinha um dos olhos, era apenas a cicatriz de um corte, logo notei que era um dos membros do grupo. Esperei até que se aproximasse, quando bem perto, saquei minha adaga e enfiei direto na garganta, assim morreria rápido e não gritaria.
Encontrei a porta que levava até o andar subterrâneo, desci as escadas. O subterrâneo era uma espécie de casa, parecia ter alguns quartos, mas a escada levava a um longo salão cheio de ouro e moedas que, provavelmente, foram roubadas. Os outros 3 membros estavam sentados numa mesa. Sem nenhum temor, logo após descer as escadas, levantei minhas armas para eles. Assustaram-se quando me viram, perguntaram o que eu queria. Arremessei o punhal em um dos membros e acertei sua jugular, não devia demorar a morrer. Com a adaga, continuei andando, os 2 alvos não sabiam para onde ir. Um deles pegou a faca que estava em cima da mesa, veio em minha direção com ela para me golpear. Desviei do golpe, enfiei a adaga em sua barriga e subi, rasgando toda sua barriga.
O terceiro não tinha para onde ir. Deixei a adaga naquele segundo e fui em direção a este terceiro. Agarrei-o pelo pescoço, ele não reagia a nada, não conseguia andar, mal respirava por conta da euforia. Segurei sua cabeça e comecei a socá-la na parede várias vezes com toda a força. Seu sangue jorrava em todos os lugares: na parede, no chão, no teto, em minha face e roupas, nas roupas dele, na mesa. Todo o lugar ficou coberto com seu sangue...
Estavam agora os 4 ladrões mortos.

O Informante:
Retornei até minha residência onde ainda estava meu informante. Foi realmente de bom uso.
Desamarrei-o de onde o tinha prendido, com uma pancada na cabeça o fiz desacordar. Peguei-o e trouxe até aqui, nas autoridades, esperando minha recompensa e a decisão de o que farão com o último bandido vivo.
avatar
Daliron
Bichona

Feminino Touro Tigre
Mensagens : 9676
Data de nascimento : 26/04/1998
Data de inscrição : 26/07/2011
Idade : 19
Localização : Neverland
Humor : Não sei se tenho

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Nova quest disponível: Detenha os ladrões!

Mensagem por Quest Giver em Seg 06 Out 2014, 17:08

Status da quest: COMPLETADA

Recompensas: +600 de Experiência e 450 de ouro. (Cumulativo, quanto ao extermínio de todos os três grupos por uma única pessoa.)
avatar
Quest Giver
Spooky Entity

Mensagens : 2
Data de inscrição : 06/10/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Nova quest disponível: Detenha os ladrões!

Mensagem por Guardião das Regras em Seg 06 Out 2014, 17:12

Devido ao seu grande esforço ao realizar a quest de hoje, o usuário Daliron precisará de dias para descansar e se recuperar, não podendo realizar mais quests até 23:59 de amanhã, estando completamente recuperado a partir de Quarta-feira, 08 de Outubro.

Missão completada, solicitação fechada.
avatar
Guardião das Regras
Path Keeper

Mensagens : 8
Data de inscrição : 03/10/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Nova quest disponível: Detenha os ladrões!

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum